Agenda sua consulta (66) 98447-7156

Blog

Enxaqueca: sintomas e principais causas – Parte 01

A enxaqueca consiste em uma doença neurológica que pode se manifestar em qualquer faixa etária, apesar de ser mais comum em jovens adultos e adolescentes. Em relação ao gênero, ela é mais persistente nas mulheres: estima-se que entre 5 a 25% das mulheres brasileiras tenham enxaqueca; enquanto apenas 2 a 10% dos homens manifestam a condição.

Também conhecido como “migrânea”, o distúrbio neurológico é incapacitante e crônico. Uma curiosidade é que a base biológica da enxaqueca faz com que ela acometa apenas indivíduos geneticamente predispostos, o que a torna também uma doença genética.

A principal característica da enxaqueca é aquela que todos já sabem: dor de cabeça forte e latejante, que pode acometer apenas um ou ambos os lados da cabeça. A duração de uma crise de enxaqueca pode variar bastante: entre 4 a 72 horas, as vezes mais curta quando no público infantil.

Há sintomas associados? Se sim, quais?

A mais comum manifestação da enxaqueca com aura é a aura visual, que se apresenta por meio de manchas escuras, imagens em ziguezague e flashes de luz. Ela também pode se manifestar com formigamentos ou dormências unilaterais, ou seja, em apenas um dos lados do corpo.

De acordo com o Ministério da Saúde, os principais sintomas que podem acompanhar a enxaqueca são:

  • Episódios de vômitos, tontura e náuseas;
  • Sensibilidade a determinados gatilhos, tais como cheiros fortes, luz (natural ou não) e barulhos;
  • Sintomas visuais, tais como pontos escuros e/ou luminosos e linhas em ziguezague, que podem anteceder ou acompanhar as crises de dor latejante;
  • Dormência corporal ou formigamento dos membros;
  • Sensibilidade a determinados movimentos ou até mesmo passar mal ao efetuar viagens de ônibus, carro, barco ou outros meios;

Problema para se concentrar e confusão mental, como na hora de escolher as palavras certas, por exemplo.

Em breve postaremos a parte 02 desde artigo.

———————–

Autor: Dr. Doutor Henrique Garchet. Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (2009). Especialização médica em Otorrinolaringologia pela Santa Casa de Belo Horizonte (2012) e Fellowship em Rinoplastia Estética e Funcional pela Santa Casa de Belo Horizonte (2014).

Voltar

 

Compartilhe no WhatsApp